Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Programas de prevenção ao uso de drogas selecionam dois supervisores nacionais

Notícias

Programas de prevenção ao uso de drogas selecionam dois supervisores nacionais

Inscrições seguem até o dia 12 de fevereiro de 2017

Brasília, 2/2/17 – Estão abertas as inscrições para seleção de dois supervisores nacionais dos programas de prevenção ao uso abusivo de drogas Elos e #TamoJunto. A chamada pública faz parte da parceria entre a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Cidadania com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no âmbito do projeto “Avaliação e Monitoramento das Ações de Prevenção ao Uso e Abuso do Álcool, Tabaco e outras Drogas”.

Os selecionados deverão articular, planejar, monitorar e avaliar a implementação do programa junto às Secretarias de Saúde e Educação e assistência social municipais e estaduais; além de formar, supervisionar e orientar a equipe nacional dos programas de prevenção ao uso de drogas para implementação nos territórios.

Os candidatos devem possuir ensino superior completo em Educação, Ciências Humanas ou Saúde. Também é requisito ter, no mínimo, seis 6 anos de experiência nas áreas mencionadas.

O regime de contratação se dará por meio de bolsa no valor de 6.100 reais. Para as duas seleções, a duração dos trabalhos a serem realizados, em Brasília, será de dez meses – sendo dois de experiência e oito por possível prorrogação.

Interessados deverão enviar currículo, preferencialmente Lattes, para o e-Mail prevencaoepesquisa@icict.fiocruz.br. O resultado final do processo seletivo será divulgado no portal da Fiotec, www.fiotec.fiocruz.br, no dia 20 de fevereiro de 2017. Para mais informações, acesse o Termo de Referência.

Redes

Parte da ação intersetorial e estratégica do projeto Redes, o programa Elos é direcionado a educandos entre seis e dez anos de idade e implementado em escolas com estudantes cursando entre o 1º e 5º ano do Ensino Fundamental. Trata-se de uma estratégia lúdica de mediação de relações sociais, promovendo interações harmônicas e cooperativas entre os educandos e o educador.

Já o programa #TamoJunto tem como público-alvo adolescentes de 13 e 14 anos e é executado em escolas. A estratégia é composta por doze aulas e três oficinas de pais executadas de maneira interativa. 

Conteúdo
Termo de Referência para Supervisores Nacionais.pdf